domingo, 27 de fevereiro de 2011

Ferreira Gullar no Roda Viva


O escritor e poeta Ferreira Gullar estará no centro do Roda Viva na próxima segunda-feira (28/2), a partir das 21h (MT), na TV Cultura, para recitar trechos de suas vivências de São Luiz do Maranhão, do exílio, do Rio de Janeiro, das artes plásticas que circundaram sua poesia, dos amigos artistas, dos que foram e dos que virão.

Nascido em 10 de setembro de 1930, em São Luiz, no Maranhão, e batizado como José Ribamar Ferreira, Gullar é um dos fundadores do neoconcretismo e um dos mais importantes poetas da língua portuguesa. No ano passado, completou 80 anos, foi agraciado com Prêmio Camões 2010 – pelo conjunto de sua obra – e lançou o livro Em alguma parte alguma (editora José Olympio).

Com sua incessante capacidade de criar, o escritor costuma dizer que “a poesia nasce de repente e não faz barulho. Pode acontecer no meio da rua e ninguém vai perceber”.

Mais informações: www.diariodecuiaba.com.br

Imagem: SPS
Texto: Diário de Cuiabá

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Exposição de Alberto Bitar Abre na Fotoativa


Quanta carga de lembranças pode haver dentro de um apartamento vazio? Quantas vidas e histórias se cruzaram por entre os quartos de um hotel? Que sentimentos podem guardar seus interiores? Ausência e presença, memória e esquecimento, pessoalidade e impessoalidade são os conceitos abordados em “Sobre o vazio”, novo trabalho do fotógrafo Alberto Bitar, que abre sua temporada de exposição amanhã, na Associação Fotoativa, e segue até o dia 15 de março.



VISITE

Sobre o Vazio, de Alberto Bitar. Abertura amanhã, às 19h, na Associação Fotoativa (Trav. da Praça Visconde de Rio Branco, 19. Praça das Mercês). Visitação de 23 de fevereiro a 15 de março, de segunda a sexta, das 9h às 18h, e aos sábados das 9h às 13h.

Imagem: Alberto Bitar - 'Auto-retrato'
Texto Completo: http://diariodopara.diarioonline.com.br

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Brasileira Ganha Prêmio de Arte Eletrônica em Madrid


Anaisa Franco ganhou com a obra "Expanded Eye", um olho gigante que projeta os olhos dos visitantes dentro de si.

A brasileira Anaisa Franco ganhou, em Madrid, o VI Prêmio ARCOmadrid/BEEP de arte eletrônica e de novas mídias, que julga artistas baseado em suas produções vinculadas a novas tecnologias. A obra que ganhou a premiação chama-se Expanded Eye e foi desenvolvida em 2008 durante um coletivo internacional de arte chamado Interactivos?

Expanded Eye é uma escultura interativa composta por um olho gigante transparente que observa os visitantes com uma câmera infravermelha e projeta seus olhos dentro de si. A escultura convida a pessoa a olhar dentro da obra e a brincar com a visão em um contexto mágico, onde a percepção se une à autorreflexão e à observação.

Ao longo de sua carreira, Anaisa desenvolveu várias esculturas robóticas, que convergem o físico e o digital em forma de animações e intensidades, buscando química e interação entre os materiais.

Imagem: Sotão 73
Texto: Redação Época, com Agência EFE

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Intervalo, Respiro, Pequenos Deslocamentos: Ações Poéticas do Poro


Premiado pelo Programa Brasil Arte Contemporânea, da Fundação Bienal de São Paulo e Ministério da Cultura, o grupo "Poro - interferências em arte" lança o livro "Intervalo, respiro, pequenos deslocamentos". A dupla de artistas mineiros desenvolve intervenções urbanas no Brasil e exterior.

Formado pelos artistas mineiros Brígida Campbell e Marcelo Terça-Nada!, o grupo atua desde 2002, com trabalhos que buscam apontar sutilezas, criar imagens poéticas e trazer à tona aspectos da cidade que se tornam invisíveis pela vida corrida nos grandes centros urbanos.


Texto completo: www.diariodonordeste.globo.com

http://poro.redezero.org/livro

Imagem: Imagem...cor (2003 e 2004),Poro.
Texto: Ana Cecília Soares

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Reflexões Sobre o Realismo nas Artes Plásticas


Por Mazé Leite

Em 1855, o pintor francês Gustave Courbet, organiza em Paris, uma exposição com 40 telas sob o título “Du Réalisme”, inaugurando essa nova forma de ver e pintar o mundo. O Realismo atravessou todo o século XX e alcança o século XXI, carregado de conotações filosóficas, políticas e estéticas, em maior ou menor grau, mas que resume a tomada de consciência do que vê e do que sente o artista sobre a realidade de seu mundo.





Texto completo: www.vermelho.org.br


Imagem: Os britadores de pedra, Gustave Courbet, 1849.
Óleo sobre tela, 159x259 cm, Gemäldegalerie, Dresden, Alemanha

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Especialização em Artes Visuais: Cultura e Criação


O SENAC oferece curso de pós-graduação lato sensu a distância voltado para profissionais que atuam no amplo campo da visualidade e que necessitem avançar em sua atividade profissional. Sua proposta é instigar a imaginação formal desses profissionais, por meio da observação, da pesquisa, da experimentação e da análise de obras visuais modernas e contemporâneas, reunindo Artes Visuais, Arquitetura, Cinema, Fotografia, Design, Moda e Figurino. O curso estimula a reflexão permanente do profissional sobre sua própria produção ao expandir sua cultura visual e artística, demonstrando a interação existente entre procedimentos técnicos e processos artísticos diversos.

www.pos-ead.senac.br

Imagem e Texto: SENAC